Corte da taxa básica de juros não elimina incertezas

A notícia do corte da taxa básica dos juros chegou em boa hora, mas não foi capaz de dissipar o clima desse início de 2017 cercadode muitas dúvidas e incertezas diante do cenário que se desenha na área política.

O clima em Brasília tende a ficar ainda mais pesado agora em fevereiro, com os parlamentares se mobilizando no processo de renovação da presidência da Câmara e do Senado. E nesse ambiente também impregnado pelas discussões acaloradas em torno da reforma da Previdência fica difícil esperar compromissos importantes de longo prazo para a área econômica.

Em paralelo a isso, é esperado que a taxa de desemprego em 2017 alcance 11,5% ao final do ano. Programas de incentivo estão tramitando no Congresso junto com pautas de reformas no governo, o que pode provocar uma recuperação de 0,58% no PIB, em 2017. Com inflação prevista para ficar dentro da faixa da meta de 6,5% por causa da fraca demanda interna, este ano o dólar deve continuar a trajetória de alta observada no fim de 2016.

Para baixar nosso report completo, clique aqui!

Leia outros materiais sobre Inteligência de Mercado clicando aqui!